Alinhando-se Com a Realidade

O yoga nos ensina que todo nosso sofrimento se vem de nosso afastamento com a realidade. Vamos aqui falar sobre a importância e a técnica de como se alinhar com a realidade cotidiana, como mudar o foco e usar o poder da mente para fluir com a vida, além da ilusão.

Veja aqui meu vídeo sobre este tema.

A vida facilmente nos leva a viver com a mente indo e voltando entre planos e mágoas, expectativas e frustrações. Achamos que tal coisa deveria ter acontecido, tal pessoa deveria ter agido assim ou assado. Só que não foi assim. O que aconteceu?

O que aconteceu é que a realidade se manifestou. A realidade implacável está aí e insistimos em achar que nossa versão de como deveria ser realidade teria sido melhor. O resultado é ansiedade, frustração, raiva e medo.

O segredo do yoga é alinhar nossa mente com a realidade, com a vida vem como ela é, a despeito de seus planos. Vamos tentar, portanto, viver a realidade, fluir com ela, e não inutilmente se debater contra ela.

Não vamos perder tempo com o sofrimento auto-imposto, a autotortura, de ficar lutando com a realidade, reclamando de ser como é e não como nós achamos que deveria ser.

Isso não quer dizer que não vamos querer mudar as coisas, lutar para melhorar nossa vida, para ter uma sociedade mais justa ou salvar o planeta. Isso não quer dizer que não estamos nem aí.

O problema não é com os rumos que devemos tomar. A vida se faz disso mesmo – de cumprir nossos propósitos, seja por melhorar as condições de nossa família, seja por melhorar a sociedade ou de criar um futuro melhor para todos.

Sim, claro, fazemos planos. Normal. Temos que pensar e planejar. Planejar para quê? Para executar a melhor ação possível agora. Só isso. Para contribuir para sua ação iluminada, para ser o melhor de você.

A primeira coisa que queremos fazer é trazer a mente para o aqui e agora, com aceitação da realidade. Não a aceitação de derrota, do fraco. Mas aceitação de quem está tranquilo e seguro. Aceitamos o desafio. Encaramos com entusiasmo a vida como ela é.

Vamos permitir a realidade se manifestar calmamente em nossa vida. A realidade não é nosso inimigo. Nossa mente é o inimigo. Como interpretamos a vida é nosso inimigo. Eu sou meu único inimigo. Mas posso ser meu melhor amigo, se eu direcionar minha mente corretamente.

Então trazemos nossa mente para o aqui e agora, em confiante aceitação da realidade e fazemos a seguinte pergunta: “qual é o melhor de mim?”. Me pergunto – qual ação iluminada se pede de mim, diante dessa manifestação da realidade na qual me encontro?

Foco na ação. Totalidade na ação.

Foco no dharma. Isso é real. Vamos agir. Não de qualquer jeito. Vamos agir da melhor forma possível, porque o que temos é a ação. O que nos cabe é agir. O resultado não está no nosso controle. A realidade como um todo certamente não está sob nosso controle.

A ação que fazemos entra no plano maior. Nossa área de atuação era a ação. Nossa parte é essa. O resto tem outros fatores. Depois de agir, nossa ação contribui para a totalidade das coisas. E nessa totalidade tem muitos agentes, muitos fatores. Incluindo, é claro, a vontade de Deus. Mas mesmo que não queira falar em Deus, ninguém pode negar os múltiplos outros fatores e agentes.

O resultado, portanto, não é nosso para definir. Podemos apenas fazer nosso melhor.

Na linguagem de Krishna na Bhagavad-gita, “temos direito a ação, mas não ao resultado”.

O resultado vai ser bom, vai ser ruim? Isso é ilusório. Vai ser simplesmente.

Com o passar dos anos vai ver que você vai dar graças a Deus que seu desejo não foi realizado. Com crescente sabedoria você vai olhar para trás e ver quantas vezes foi salvo de ter tido um desejo seu satisfeito e quantas vezes se arrependeu de ter tido um desejo satisfeito.

E a beleza de tudo isso é que fazendo o melhor de você, naturalmente virá o melhor resultado possível. Sem você precisar se preocupar com isso.

Fazemos nosso melhor. Aceitamos o realidade que se manifesta com gratidão e confiança. Novamente fazemos nosso melhor.

Com esse estado mental de aceitação, gratidão e foco na ação iluminada ficamos plenos, felizes e entusiasmados. É esse mind-set, este estado de consciência, que vai fazer sua vida ficar boa, que vai lhe encher de felicidade. É isso que realmente importa.

Vamos alinhar nossa mente com a realidade e fluir com a vida, em divina consciência.

4 ideias sobre “Alinhando-se Com a Realidade

  • 12/11/2019 às 10:51
    Permalink

    Bom dia. Obrigado pelas orientacoes. Vieram na hora certa. Quero conhecer mais sobre o caminho 3T.

    Responder
  • 12/11/2019 às 14:57
    Permalink

    Excelente reflexão, Giridhari! Sofremos porque queremos antecipar o resultado das coisas, sem nos preocuparmos com o que realmente importa, que é a ação, a preocupação com as melhores atitudes possíveis. Tudo isso, somado à vontade de Deus e aos caminhos que nos são desconhecidos, nos conduzirão ao resultado do qual seremos merecedores.

    Obrigada!

    Responder
  • 13/11/2019 às 00:17
    Permalink

    Como dizer muito obrigada e sentir a plenitude deste agradecimento a uma pessoa? Admito estou na tentativa com relação aos estudos orientados pelo Mestre Giridhari. Após assistir este vídeo sobre o “Alinhamento com a realidade”, a sensação é de uma ampliação de minha responsabilidade com a minha vida e da boa utilização do tempo que tenho, mas isso não se tornou um fardo , pelo contrário, vou aprendendo a construir meus dias com uma consciência focada na pergunta : este é o melhor que posso realizar agora ? Uma pergunta tão simples, mas composta de realizações positivas. Aceitar a realidade como ela se apresenta , para mim tem sido um salto enorme , no sentido da redução de ansiedades e temores. Gratidão Mestre Giridhari, por compartilhar com todos nós suas conclusões , que com certeza foram fruto de muitas experiências pessoais, o que dá mais sentido e consistência quando as expõe.

    Responder
  • 13/11/2019 às 10:27
    Permalink

    Gratidão! Foco na ação e seja o que Deus quiser!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *