Aprenda a Se Amar – Como Ter Amor Próprio

Tem dificuldade de começar coisas boas na sua vida? De mantê-las? De se cuidar? Talvez o problema seja falta de amor próprio. Temos que aprender a nos amar, como parte essencial de nosso caminho de auto-aprimoramento e autorrealização. Mas como fazer isso?

Você está aí com atividades e conceitos, planos e prioridades. Mas onde está você em tudo isso? Se esqueceu?

Pode parecer que o bom é não pensar em si mesmo e só cuidar dos outros. Mas, na prática, não funciona assim. Afinal, se você não está bem, como poderá realmente ajudar outros? E muitas vezes, o “não se amar”, traduz em uma mentalidade fixa de auto sabotagem, onde você vai minando seu bem-estar fazendo as coisas na sua vida darem errado.

Tanto espiritualistas quanto terapeutas, portanto, concluem que é necessário você se ter amor próprio. Aprenda a se amar, para ser você plenamente, com todo seu potencial para amar a todos. Mas como se amar? Como desenvolver amor próprio?

Uma das minhas frases favoritas é da Santa Madre Teresa: “O fruto da oração é o amor. E o fruto do amor é o serviço”. Podemos inverter a sequência: serviço leva ao amor, que leva a espiritualidade. Então, para aprender a ter amor próprio, comece a se servir.

Como que mostramos amor e serviço por alguém? Fazemos coisas para ela, não é mesmo? Cuidamos dela. Buscamos o bem-estar e felicidade dela. Então, para desenvolver amor próprio, comece a fazer o mesmo – para você!

Comece a cuidar de seu corpo, mente e espírito. Para seu corpo, coma bem, faça exercícios e durma bem. Pare de machucar seu corpo com cigarro, álcool, drogas e comidas cancerígenas.  Para sua mente, desenvolva um trabalho de paz interior, de cuidar de suas emoções, de se libertar da opinião dos outros. E para seu espírito, leve a sério a autorrealização e crie um programa fixo de avanço espiritual.

Tenha carinho por você mesmo. Dê presentes para si mesmo. Crie momentos seus, fazendo coisas que gosta. Até Krishna diz na Bhagavad-gita que não se poder ser um yogi, quem não tem lazer. Valorize seu bem-estar sabendo que o mundo precisa de você forte e bem, para cumprir seu papel, para fazer sua parte. Nosso grande mestre espiritual, Srila Prabhupada, explicava que se tem um naufrágio, primeiro você tem que se salvar, para então poder salvar os outros. Quem está afogando, não pode ajudar ninguém. Quando não estamos bem, ao invés de ajudar, atrapalhamos. Quem não se ama, acaba trazendo desarmonia e dor também na vida daqueles ao seu redor.

No meu livro, “Caminho 3T” (www.3T.org.br) você encontrará um programa completo para se cuidar, com detalhes que vão desde a alimentação, até a prática diária espiritual, incluindo também o trabalho de paz interior. Ao se amar, poderá amar os demais e, por fim, amará Deus.

Veja aqui meu vídeo sobre este assunto.

 

Veja aqui o que estão dizendo sobre o livro “Caminho 3T”: “É livro para ter à cabeceira da cama, ou seja, para estar lendo sempre.” – Sergio Mendonça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *