2 Ferramentas Poderosas Para Superar Obstáculos e a Preguiça

Vou compartilhar aqui duas poderosas dicas para você encontrar a energia que lhe falta para encarar seus desafios e superar a preguiça. Vamos ver como sair da estagnação, parar de evitar o necessário para crescer e ser mais. Com estas técnicas você poderá sair da zona de conforto e experimentar novos horizontes.

Veja aqui meu vídeo sobre este tema.

Aqui vou compartilhar duas ferramentas do livro “Tools” de Barry Michels e Phil Stutz.

As duas técnicas são chamadas de Reversão do Desejo e Motivação Abundante. Vou explicá-las agora.

 

Reversão do Desejo

Muitas vezes sabemos que temos que fazer algo que é importante. Mas ficamos evitando. Não é bem uma simples procrastinação. É algo mais profundo. Não queremos encarar o desafio. Sabemos que não vai ser fácil. Estamos fugindo do dever, por ser algo que vai ser desagradável ou doloroso.

O livro base do caminho do yoga, a Bhagavad-gita, até começa assim também. Arjuna não quer cumprir seu dharma, seu dever, por ser muito doloroso, perigoso e difícil.

Mas sabemos que é necessário. Como então achar as forças, a energia, para encarar isso?

Para isso os psicoterapeutas Barry e Phil criaram uma estratégia que eles chamam de Reversão do Desejo. Vou explicar como funciona.

Ao ter algo ruim que está evitando, inverta sua percepção, reverta o desejo. Aquilo que menos quer, é agora aquilo que mais quer. Ao invés de fugir da coisa, encare-a.

Você vai hackear sua mente. Vai se convencer que o que você quer mesmo é encarar os desafios.

Por quê? Quem seria louco de querer provações?

Os autores trazem uma boa visualização e um bom argumento para você se convencer a encarar a provação que sabe que precisa encarar.

Veja o desafio como uma nuvem densa que vai entrar. Uma escura e assombrosa nuvem. Depois de entrar na nuvem, sinta e aceite a dor, o incômodo. Ame a dor. Abrace a dor. O famoso filósofo Nietzsche pregava o conceito de “amor fati” – amar tudo na vida, em especial as provações. Não só tolerar ou aceitar, mas amar. Com este mentalidade, entre na nuvem.

E qual motivação para entrar nesta densa nuvem? Por saber que do outro lado da nuvem está o sol brilhante de novos horizontes. Isso mesmo. Você sabe que é bom, porque depois é bom. Se depois é bom, então é bom agora também.

Afinal, esta é a natureza desses desafios que ficamos evitando, não é mesmo? Sabemos que depois será melhor. Seremos mais fortes, mais sábios, mais leves e, sim, mais felizes.

Um exemplo que os autores dão é de Arnold Schwarzenegger indo para a academia malhar todos os dias. Imagine quanta dor, quanto suor, quanta ralação. Malhar horas e horas por dia, todos os dias, ano após ano. Uma baita nuvem escura de dor. Mas o que tinha para ele depois desta nuvem? Um lindo horizonte que lhe levou a carreira de ator, realização profissional, uma bela família e até mesmo o cargo de Governador da California.

Os autores alertam que esta técnica não vem de primeira. Você precisa tentar e tentar fazer este hack mental. Se não deu certo agora, pode tentar de novo em seguida. Quanto mais tentar, mais sucesso terá. Até que a coisa se torna natural para você e você conseguirá sempre abraçar e encarar seus desafios de cara. Com gosto e entusiasmo.

 

Motivação Abundante

A segunda técnica deles que vou compartilhar aqui tem o propósito de lhe dar força para agir, para superar a preguiça, a procrastinação.

Tão logo você estiver cedendo a preguiça, deixando de fazer algo importante em troca de alguma gratificação imediata inútil, ou desistindo de algo importante, eles recomendam que você faça a seguinte visualização.

Visualize você mesmo no distante futuro, numa cama de hospital, cheio de equipamentos conectados, no leito da morte. Você está prestes a morrer.

E nos últimos instantes de vida, de repente, você se vê se erguendo na cama e dizendo com urgência:

– NÃO DESPERDICE O MOMENTO PRESENTE!

Lembre-se que temos uma data limite, um prazo final de vida. Inevitável. Somos motivados por datas limites. Fazemos um esforço extra para cumprir datas limites. E a morte é a suprema data limite.

Assim, lembrando que o tempo é escasso, que cada momento é importante, você encontra forças para escolher o melhor de você, para fazer o certo e cumprir seu dharma.

Tudo tem seu momento. Temos sim que relaxar, fazer nada, descansar, assistir algo, talvez olhar nossa mídia social etc. Isso é essencial. Inclusive, sem ter tais momentos de relaxamento e descanso, não conseguimos cumprir nossos outros deveres com 100% de nossa capacidade.

Mas o que não podemos fazer é optar pela preguiça quando é hora de agir. Não podemos ceder a procrastinação, quando o momento é de ação.

 

Espero que estas duas técnicas lhe ajudem a encontrar forças para lidar com aquela provação que vem evitando e para não deixar a preguiça tirar sua determinação de fazer o necessário.

4 ideias sobre “2 Ferramentas Poderosas Para Superar Obstáculos e a Preguiça

  • 01/12/2020 às 14:31
    Permalink

    Ótimo,Giridhari!

    Imagine eu,com 80 anos,vendo que tenho que aproveitar o tempo,e,confesso,às vezes com muita preguiça.

    O tema,caiu como uma veste feita sob encomenda.

    Responder
  • 01/12/2020 às 19:52
    Permalink

    Mestre Giridhari, sempre fico impressionada como o caminho das simplicidades podem trazer , como um grande presente da vida, as maiores realizações. Vencer a dor, o desânimo, a preguiça, a procrastinação, podem trazer o sabor de ter se superado. Acredito que o autoconhecimento é essencial para todo este processo. Mas, admito que traz um bem estar saber destas possibilidades. Dá para entender o porquê Nietzsche desejava aos amigos , bastantes infortúnios, pois segundo ele, cada vez que vencemos um obstáculo , mais nos fortalecemos para a vida. Trazer o pensamento sobre a Morte , também é bem interessante , pois aí está declarado o limite , do qual ninguém escapa, pensar nela faz com que a gente queira se movimentar e realizar coisas , enquanto se tem tempo. Sempre grata.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *