Técnica ABCD Para Desenvolver Sua Mentalidade Campeã

Aqui vamos aprender como você pode desenvolver uma mentalidade campeã para fluir melhor com a vida e ter uma experiência melhor nos momentos quando o foco está em você. Vamos ver 4 passos para aprimorar nosso desempenho naqueles momentos que realmente precisamos, seja uma prova, uma apresentação ou uma entrevista. Vamos mostrar que estas dicas acabam sendo excelentes para qualquer momento do dia, para lidar com a vida em geral.

Veja aqui meu vídeo sobre este tema.

As dicas vêm de Jim Afremow, o renomado psicólogo esportivo, que trabalha com muitos campeões e atletas olímpicos. Apesar dos aprendizados terem sido desenvolvidos com as provas esportivas em mente, elas se aplicam também para qualquer situação em que você precisa mostrar o melhor de você.

É uma técnica para encarar qualquer reunião, apresentação ou evento que é importante para você.

Vamos ver aqui a técnica ABCD para desenvolver sua mentalidade campeã.

 

A: Acreditar

Acreditar em você. Não uma vã fé, só por acreditar, mas baseado na sua qualificação, no esforço que você já colocou. É uma fé construída na ralação e na experiência já acumulada. Você se esforçou e tem buscado a excelência em o que faz. Isso então lhe permite ter fé em si mesmo. Uma fé racional. Você confia no seu preparo e no seu talento.

Quando trazemos o foco todos os dias para nosso dharma, para ser o melhor de nós, buscando excelência em ser quem somos, desenvolvemos naturalmente esta fé. Fica fácil acreditar em você quando você tem se dedicado a ser o melhor de você todos os dias, o dia inteiro. Você se conhece, conhece o que tem de bom para oferecer ao mundo, sabe evitar aquilo que não é seu dharma, onde você não tem dom nem inclinação para fazer, e assim se aprimora dia após dia.

 

B: Bom Papo Consigo Mesmo

No momento de pico, você tem que ter um bom papo consigo mesmo. Praticamente dizendo, um mantra.

Afremow sugere que você crie frases curtas de estímulo, para lhe ajudar a manter seu foco e para não deixar críticas e medos tomarem conta de você no momento crítico.

Todos nós já experimentamos a péssima prática de autossabotagem, de nos encher de medo na hora que mais precisamos de confiança. Ao querer fazer bem-feito, acabamos pensando em tudo que NÃO podemos fazer, em tudo que pode dar errado. Este foco no erro e nas maneiras como podemos falhar, mina nossa confiança e tira nosso foco do que realmente precisamos fazer.

Pensamos no erro, fazemos o erro. Visualizamos a falha, cometemos a falha.

Exemplos de frases ruins são: “não erra, não fale besteira” ou “e se eu…” e aí imagina um erro. Coisas negativas assim. Este tipo de frase ruim rodando na sua cabeça na hora de se apresentar é um tiro no pé.

Então, para evitar este tipo de pensamento danoso no momento crítico, você deve usar um mantra para ocupar sua mente.

Ele então recomenda uma frase que vai lhe trazer para o “aqui e agora”. Um exemplo que um grande atleta que ele aconselha usa é “uma jogada de cada vez”.

A frase dever ser simples, positiva e focada no presente.

Como sempre passo aqui, o poder de mindfulness, de trazer a mente para o aqui e agora é vasto. Para cura emocional, para ser campeão olímpico, para avançar no seu despertar espiritual – tudo precisa de mindfulness, de trazer sua mente para o aqui e agora.

Para yogis, o maha-mantra pode ser muito bom, sentindo a conexão amorosa com Deus, com Krishna. Para quem já desenvolveu sua abertura devocional com Krishna, nada melhor que o maha-mantra Hare Krishna – http://giridhari.com.br/o-que-e-hare-krishna/. Simples, positivo, divino e totalmente no presente.

Eu tenho uma aluna que muitos anos atrás me falava que nas corridas de 5km e 10km em que ela competia, ela dizia que era “movida pelo mantra”. O mantra tirava a mente dela da dor, do cansaço e da vontade de desistir.

 

C: Curtir

Temos que curtir o momento.

É fácil se perder em preocupação quando temos algo importante para fazer, quando estamos sentindo a pressão de vencer ou fracassar. Esquecemos nestes momentos que a vida é linda, que estar vivo é um milagre e que é tudo de bom poder cumprir nossos dharmas e encarar nossos desafios.

Então, Afremow sugere o cultivo de gratidão e um bom senso de humor.

Gratidão é um sentimento perfeito. Gratidão é sua mais poderosa ferramenta para aumentar seu bem-estar. Não tem como enfatizar demais o poder e a importância de cultivar gratidão.

Ao cultivar gratidão você traz o melhor de você à tona. Você está no seu melhor. Você se sente melhor.

E as pesquisas mostram que o humor é uma poderosa ferramenta antiestresse. O humor afasta o medo e reduz a ansiedade. Poder rir de seus erros é muito terapêutico. Ao rir de sua preocupação, você tira o peso do medo do futuro e afasta a tristeza.

Então, aproveite, se deleite, naquele momento crítico de apresentação, do evento, da entrevista ou da prova. Cultive gratidão pela chance de estar fazendo seu dharma, de poder se provar. Invoque a leveza do senso de humor para fazer tudo fluir ainda melhor.

 

D: Duro de Queda

Seja duro de queda. Desenvolva a capacidade de retomar seu foco depois de uma falha.

Falhar faz parte da vida.

No curso que eu ofereço, 15 Coisas Que Pessoas Mentalmente Fortes NÃO Fazem, tem um módulo inteiro só para passar este importante ensinamento da vida, que não podemos desistir após uma primeira falha.

Uma das minhas frases favoritas sobre este assunto que eu compartilho lá é essa: “O sucesso é construído de 99 por cento de fracasso”, falado por ninguém menos que o idealizador e fundador da Honda, Soichiro Honda.

Temos que mantar uma mentalidade proativa e positiva nas mais difíceis situações. Podemos ver cada revés como uma linda chance para mostrar nossa força e retomar a conquista.

Afremow diz também que nos momentos de falha devemos usar os três itens anteriores: 1) manter a fé em si mesmo baseado em seu esforço, treino e experiência, 2) cultivar as frases positivas e 3) manter seu bom-humor ao considerar sua falha.

 

Conclusão

Podemos ver na Técnica ABCD os elementos básicos para viver uma boa vida no dia a dia também.

  1. Acreditar em si mesmo, baseado no seu esforço de ser uma boa pessoa, de fazer seu melhor, de honestamente querer emanar a luz e ser uma influência positiva no mundo.
  2. Ter um bom papo consigo mesmo. Aprender a ser boa companhia para si mesmo. Falar de forma construtiva e positiva consigo mesmo. Ficar ciente da voz interna, da narração interna que mantém consigo mesmo e ver que ela é positiva e boa, que ajuda e não atrapalha sua vida.
  3. Cultivar sempre o bom humor, a leveza de ser e, especialmente, a gratidão intensa, diária, ao longo do dia.
  4. Ser resiliente e aceitar que falhar faz parte da vida, que da falha surge novas oportunidades, novos aprendizados.

Espero que esta técnica lhe ajude tanto nos momentos de pico, de ter que se apresentar ou competir, como também no dia a dia da vida.

Uma ideia sobre “Técnica ABCD Para Desenvolver Sua Mentalidade Campeã

  • 10/11/2020 às 18:10
    Permalink

    Mestre Giridhari, pensando na Técnica ABCD, duas me chamam mais à atenção: cultivar gratidão por absolutamente tudo. Cada instante que vivo , mas percebo a grandiosidade de simplesmente viver e a partir daí realizar muitas coisas. Realmente é fascinante!! Outra Técnica, que despertou minha atenção, manter o bom humor, considero essencial, mas não no sentido de rir de tudo. Tem coisas que não têm a menor graça, mas exercitar a capacidade de se fora de padrões tristes e depressivos , me parece bem relevante, principalmente atualmente, onde tudo pode nos deixar bem entristecidos, se assim o permitimos. Muito bom caminhar mesmo que com passinho de cada vez, mas com segurança, no sentido de nosso controle mental, com gratidão e dando boas risadas , inclusive dos próprios erros. Sempre grata, Mestre Giridhari, por todo empenho e dedicação a todos nós.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *