Como Lidar com a Crueldade Humana?

É tanta maldade, tanto sofrimento ao nosso redor. Todos os dias, no mundo todo, coisas ruins acontecendo. E como devemos lidar com isso?

Como Lidar com a Crueldade Humana?

Eu recebo esta pergunta frequentemente, especialmente quando vem à tona nos noticiários um caso especialmente sofrido, como um estupro coletivo de uma adolescente, ou um gigante desastre ecológico de uma multinacional.

Primeiro, por que acontece? Bom, infelizmente, a resposta é que essas coisas acontecem, porque podem acontecer, ou seja, temos o livre arbítrio para fazer maldade. A liberdade de fazer do pior até o melhor é necessário e inerente à nossa condição divina. Pode parecer contraditório dizer que maldade faz parte de nossa condição divina, mas o ponto é que para que possamos ser almas puras, e amar puramente, para que isso tenha verdadeiro valor, é logicamente necessário que o oposto possa ser verdadeiro também.

Ou seja, temos a escolha de fazer o bem e o mal. Se só pudéssemos fazer o bem, e Deus nos limitasse a isso, nossas boas ações não teriam nenhum valor, não seriam legítimas. Seríamos robôs, não almas. O fato que você faz o bem, e é uma boa pessoa, só é bonito pelo fato que é totalmente opcional. Suas boas ações merecem ser louvadas porque foram uma escolha real que fez. E para esta escolha ter valor, necessariamente a escolha de fazer o mal precisa existir.

O outro ponto é esse: será que é tudo tão ruim assim? Ficamos horrorizados e chocados com o quê exatamente? Com o que estamos vivenciando no nosso dia a dia em pessoa, ou com que estamos vendo nos meios de comunicação e nas redes sociais? Será que, na realidade, a esmagadora maioria está aí fazendo seu melhor, trabalhando duro, cuidando de seus amados e seguindo um caminho do bem?

Então, vamos concentrar em fazer nosso melhor (veja este vídeo) e não vamos nos envenenar com tanto lixo tóxico, em especial fuja dos telejornais. Se nos poluirmos com tanta sujeira e notícia ruim, ficaremos ineficientes e deprimidos e perderemos esperança e entusiasmo para melhorar o mundo.

Veja aqui meu vídeo onde eu explico estes pontos e falo mais sobre este tema de como lidar com a crueldade humana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *