Por Que Deus Criou o Mundo?

Uma das primeiras perguntas que surgem quando questionamos a vida é: por que Deus criou o mundo? Por que estou aqui tendo que aprender e evoluir? Por que tanto sofrimento? Como vim parar aqui? Vamos aqui ver a resposta dos Vedas, do caminho do yoga, para esta pergunta atemporal tão importante, e como esta resposta nos confere enorme poder e paz.

Veja aqui meu vídeo sobre este tema.

A visão detalhada nos textos sagrados do yoga, os Vedas, dizem que esta realidade material é um ilusão. A palavra em Sânscrito é maya.

Qual seria a ilusão? A essência da ilusão é não ver a ligação entre qualquer coisa ou pessoa aqui com Deus. Ou seja, não enxergar a realidade divina.

Isso já nos dá uma pista importante da razão de estarmos aqui. Estamos aqui para viver a ilusão que Deus não existe. Por isso expliquei no vídeo sobre Física Quântica que nunca “encontraremos” Deus através da ciência mundana.

Deus não está nem no nível astrofísico, nem no quântico. Deus transcende Sua energia material. Está em tudo e ainda assim está fora. Se esconde atrás da energia material.

E a razão para Ele e Ela se esconder é simples: porque queremos. O termo chave aqui é livre-arbítrio.

Livre-arbítrio é uma qualidade da alma, uma qualidade divina. Sem livre-arbítrio não faz sentido nossa existência. Sem livre-arbítrio somos robôs. Sem livre-arbítrio não pode existir amor.

Mas a coisa danada do livre-arbítrio é que com ele podemos também nos enrolar… e feio. Com livre-arbítrio podemos escolher errado. Podemos fazer escolhas com consequências dolorosas.

Somos seres primordiais, eternos e não-nascidos. Como Deus. Nunca tem um início para nós. Sempre existimos. E nosso estado de sempre existência é naturalmente no Reino de Deus, ao lado de Deus.

Mas aí pensamos num dado momento: “Como seria a vida sem Deus? Como seria se eu fosse o centro das atenções. Se a realidade girasse em torno de mim? Se eu fosse o máximo? O adorado? O poderoso?”

Egocêntrico. Ao invés de teocêntrico.

Nesse ponto, alguns ficam confusos e perguntam como pode uma alma perfeita desejar algo imperfeito. A resposta é que somos perfeitos, mas não somos Deus. Só Deus tem conhecimento de tudo. A alma não tem. No nosso estado original, ao lado de Deus, nunca experimentamos o mundo material. Nunca experimentamos encarnar. Nunca experimentamos ser egocêntricos. Então, fica a curiosidade.

É por isso que na Bhagavad-gita verá Krishna afirmar várias vezes que uma vez tendo passado por aqui, pela experiência material e se iluminado, a alma nunca mais volta a cair. Fica vacinada. Guardamos a experiência no inconsciente. Todos nós já tivemos a experiência de ter algo perfeito, e ainda assim desejar uma outra coisa por curiosidade. Para depois ver que já tinha o melhor e não precisa ter experimentado aquela outra coisa.

Deus, então, satisfaz nosso desejo. Deus não quer ninguém frustrado, com inveja, ao lado dEle. Ele nos dá esta opção. Começamos como grandes e poderosos deuses, com um Universo só para nós. Esta figura se chama Brahma, na cultura védica.

Daí para frente fica valendo a Lei do Karma. Nosso livre-arbítrio nos enrolando mais e mais. Assim caímos no samsara, na roda de nascimentos e mortes.

Muitas linhagens de mestres nem narram esta história. Vão direto ao problema. Trata-se da parábola da flecha envenenada.

Um homem andando na floresta é ferido por uma flecha, que o queima, envenenando-o. O homem poderia pensar: “De onde veio a flecha? De que tipo de madeira é feita? Qual tipo de arco foi usado? Qual pena é essa na flecha?” E assim por diante.

Mas o que adianta? O que importa mesmo é que ele precisa de cura. Precisa tirar a flecha e tomar o antídoto. Pode haver muitas dúvidas sobre a origem e tipo de flecha, mas não muda o óbvio ululante: a flecha está aí e precisa ser retirada urgentemente.

E nossa situação inegável é que somos egocêntricos e estamos em esquecimento de Deus. Não estamos vendo Deus em tudo e todos. Não vivemos nossa vida como uma oferenda a Deus, em comunhão amorosa com Deus e todos. Esquecemos quem somos.

A solução é simples. De uma forma ou outra, viemos para cá, estamos aqui. Enrolados. Então, agora podemos sair dessa. Podemos nos iluminar. Podemos retomar nossa natureza original.

Buscar a autorrealização, priorizar o despertar. Todos podem. Krishna afirma na Bhagavad-gita que todos podem se iluminar nessa vida humana. Não importa quem você seja. Não importa, diz Ele, se você é a pessoa mais pecaminosa do mundo.

Disque 1 se quiser voltar ao Lar, voltar ao Supremo. Disque 2 se quiser ficar no samsara.

A escolha é sua.

5 ideias sobre “Por Que Deus Criou o Mundo?

  • 13/10/2019 às 19:43
    Permalink

    Muito obrigada Giridhari , tenho uma história de vida sempre buscando conhecimento e através de seus ensinamentos trazendo a Bhagavad Gita de forma nunca feito e me despertou para assistir você . Tudo o que aprendo com você parece óbvio e que consigo juntar um pouquinho de cada lugar em que estive buscando conhecimento .
    Venci a Depressão profunda e até fibromialgia , estive até internada amarrada por 11 dias tomando injeção para apagar pois quando eu acordava sentia tamanha indignação em passar pela situação , cheguei nesse lugar após uma tentativa de suicídio . Bem depois disso vivi ainda muitas situações desesperadoras , sinto que eu me levei a até todas elas , sinto tanto amor e vontade de aprender e ajudar as pessoas a serem melhores , mas me tornei médica aos 24 anos e tentei suicídio a primeira vez aos 10 anos depois aos 14 e por último aos 43 anos . Hoje estou com 56 anos e muita história , ainda com dificuldade . Agora conheci o seu canal e uma luz se abriu , vou seguindo um passo de cada vez . Tenho uma dificuldade de sentir o mundo tão perdido espiritualmente .
    Estou divulgando seu trabalho , sempre faço isso quando sinto verdade , Deus .
    Muito , muito , muito obrigada .

    Responder
    • 18/10/2019 às 12:09
      Permalink

      Desejo-lhe muita força, Patrícia. Você é guerreira, vai superar. Está passando por tantas provações para sua purificação, para atingir sua iluminação nesta vida. Vá fundo, pratique TUDO no Caminho 3T. ente fazer o curso – https://caminho3t.com.br/curso-3t – e colocar tudo em prática. Conte comigo. ✨❤

      Responder
  • 11/12/2020 às 12:12
    Permalink

    Bem Sathya Sai Baba, manifestava elementos físicos a vida toda! E muitos tentaram desmascarar os feitos e nunca conseguiram! E ele sempre usou isso para sua mensagem espiritual e educacional!
    Então uma mente pode influenciar a matéria!
    Apesar de concordar que uso da física quântica no campo espiritual inapropriado pela falta de mente compatível desses seres.
    Mas, negar que a mente pode não só mexer a bula de gude, como transformar em um elefante é um salto na ciência espiritual e mental tão limitado quanto o preposição dos espiritualista.
    O tantrismo, é uma ciência espiritual que opera de maneira espiritual na matéria!
    O Baghava-gita, não dá suporte para dizer que é impossível o tantrismo! Apenas, diz que qualquer domínio material nos afasta da liberação!

    Responder
    • 19/12/2020 às 09:37
      Permalink

      Só que na realidade ficou mais do que comprovado os truques de mágica baratos de Sai Baba. Gravados até em vídeo. Depois assista o documentário da BBC “The Secret Swami”. Quando conhecer alguém que sequer mexe uma bolinha de gude com a mente, entre em contato comigo.

      Responder
  • 22/07/2021 às 23:58
    Permalink

    Bem lógica essa explicação sobre o plano físico !!
    A gente já era uma consciência evoluída com Deus, mas optamos por uma experiência sem Deus !! E estamos presos nesse mundo, morrendo e reencarnando ‍♂️
    Uma nova visão, gostei
    No segundo vídeo achei interessante essa questão de tirar conhecimento espiritual na observação (pq Deus esta em tudo) a alguns dias atrás um gafanhoto me deu um grande ensinamento, estava na varanda ao amanhecer e um gafanhoto apareceu do meu lado, um gafanhoto no nono andar já é interessante
    Peguei uma folhinha nova das minhas plantas e ele comeu, quanto fui pegar para leva-lo para um lugar mais seguro, o bicho deu um salto para o infinito, perdi de vista !! Nesse dia estava triste comigo mesmo e aí pensei: preciso dar esse salto q o gafanhoto deu na minha vida !!
    A muito tempo venho procurando conhecimento espiritual e agora estou disposto a intensificar !!
    Obrigado por dividir conosco o conhecimento !!
    Gratidão

    Responder

Deixe uma resposta para Giri Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *