Como Meditar e Ficar no Aqui e Agora Com a Cabeça a Mil

As pessoas pensam que só pode meditar e praticar mindfulness quem já tem uma mente muito calma. Quando, na verdade, é justamente por ter uma cabeça a mil, uma mente agitada, que você deve meditar e praticar mindfulness. Aqui vamos ver como lidar com isso e como isso pode se dar.

Veja aqui meu vídeo sobre este tema.

Tem um suposto ditado zen que diz: “Você deve sentar e meditar 20 minutos por dia, a não ser que esteja muito ocupado, neste caso deve então sentar por uma hora.”

A ideia que só medita quem está em paz, com a mente bem calma é cômica. Meu mestre espiritual diz que é como as pessoas pensarem que já que o hospital é lugar de cura, só deve ir para o hospital quem está em boa saúde.

Verdadeiramente, quanto mais você achar que tem a cabeça a mil, quanto mais você observar que sua mente é agitada, mais você precisa priorizar a meditação e as práticas de mindfulness.

Eu recebi esta pergunta: “Mestre, por favor, aborda o tema: como meditar, foca no agora, acalmar a mente sendo um adulto com TDAH.” A pergunta me inspirou a fazer este vídeo e artigo.

Temos que fazer o melhor com o que temos. Todos nós temos nossos problemas, as cruzes que temos que carregar. Todos nós estamos aqui num processo de aprendizado e evolução. A não ser que você seja um avatara, você está aqui aprendendo. E isso significa que você está encarando seus desafios rumo a ter uma mente cristalina e calma com ilimitada bem-aventurança e paz.

Um pode ter o desafio de apatia, outro de preguiça, de raiva, vício, e assim vai. Temos que aceitar a abraçar nossa realidade de hoje e seguir em frente de onde nos encontramos, fazendo o melhor de um mal negócio. Como diz o ditado banal mas sábio: se a vida te der limões, faça uma limonada.

Por mais agitada que seja nossa mente, podemos sempre focar na ação que estamos fazendo. É uma questão de treinamento.

Grave esta palavra: neuroplasticidade. É o termo da neurociência que explica que o cérebro muda. Seu cérebro muda de formato, muda a fiação interna, de acordo com sua vida. Isso comprova o que o caminho do yoga vem dizendo há mais de 5 mil anos: você tem o poder de completamente alterar como pensa, como vive, como funciona sua cabeça.

É justamente treinando, se esforçando, que você vai conquistar avanços de crescente paz interior e foco. Quanto mais se esforçar, mais rapidamente vai experimentar os resultados.

Para quem está agora com a mente muito agitada, eu recomendo que pratique a meditação mântrica caminhando. Muito mestres usam esta técnica. Você poderá também. É uma prática muito gostosa de andar fazendo o leve murmúrio da prática de meditação mântrica, chamada de “japa” em Sânscrito.

Para entender mais sobre meditação e como meditar, eu preparei um playlist de 11 vídeos sobre o tema aqui. Aproveite!

Não aceite rótulos. Talvez você esteja com TDAH, mas não é TDAH. Talvez você esteja triste, mas não é triste. Talvez você esteja viciado, mas não é um viciado. Quando abraçamos rótulos, abraçamos crenças limitantes. Você trava seu desenvolvimento, porque você se firmou numa identidade falsa, uma visão falsa, de si mesmo. Você se apegou ao papel de vítima, perdendo seu poder.

Outro ponto bem importante é entender que a mente é influenciada por muitas coisas. Não é só meditar que vai acalmar sua mente. Meditar é apenas uma parte de um processo bem maior.

Todo meu trabalho no Caminho 3T é baseado em explicar o conceito que há muitas frentes que temos que trabalhar para viver bem. Aqui eu explico as diferentes frentes que temos que trabalhar: http://giridhari.com.br/ensinamentos/.

Portanto, coisas como higiene, dieta, sono, exercício, se livrar de todo tipo de drogas, álcool, etc. e seu estado emocional diretamente afetam sua mente e sua capacidade de ficar calmo e focado. Por isso, é importante você abraçar um processo completo de transformação e não apenas se limitar com uma única técnica.

Com isso verá que você logo vai superar sua “cabeça a mil” e começar a experimentar uma transformadora clareza e paz mental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *