Como Lidar com Inveja, Feitiços e Mau Olhado

Vivemos um mundo cheio de pessoas com má intenção e, inevitavelmente, cruzamos caminho com aqueles que querem ver a gente falhar, se machucar e sofrer. Como lidar com esta energia negativa? Como lidar com aqueles que chegam a fazer feitiços e mau olhado?

Feitiço, mau-olhado, inveja... como lidar com isso?

Primeiro devemos entender que temos total controle sobre nossa experiência de vida. Temos o poder de assumir o comando de nosso destino. A Lei do Karma explica que nada e ninguém pode interferir na sua vida. Tudo que acontece, foi por você criado. Só Deus pode interferir na sua vida, mas, como Ele é seu melhor amigo, suas intercessões são maravilhosamente positivas.

Então, deixamos de lado o sentimento de medo e a sensação de estarmos a mercê dos outros, sem poder. O medo e a sensação de impotência são as bases principais para ataques energéticos dos outros. Por isso que, ao longo da história, todo feitiço era bem “avisado”, deixando coisas na porta da pessoa, fazendo invocações públicas, etc. Como nós é que temos o poder, este tipo de maldade requer que nós mesmos criemos as condições para a coisa ruim se manifestar em nossa vida. Sabendo disso, fixe-se sempre na sua força interna e viva a vida no comando de seus rumos.

A melhor maneira de fazer isso é viver sob a ótica enfatizada sempre no Caminho 3T: foco na sua ação. O foco é sempre no que eu estou fazendo, não no que os outros estão fazendo, nem muito menos no que o destino me traz. A cada momento temos a opção de ser o melhor de nós. A cada momento tenho a escolha de viver minha ação, de escolher objetivos que são auto-concordantes com meus valores, minha natureza, ou seja, meu dharma.

Como focamos em nossa ação, fica fácil ficar bem, pois tudo depende apenas de nós. Se estou me esforçando para ser meu melhor, alinhado com o melhor de minha natureza, naturalmente fico feliz e motivado. O que outros fazem molda a realidade ao meu redor, onde meu objetivo permanece o mesmo: fazer meu melhor para o prazer de Deus. Enfatizando: o que outros fazem molda a realidade ao meu redor, mas não minha realidade interna.

Por isso que quando parte da realidade ao meu redor inclui os pensamentos negativos, feitiço, mau olhado ou seja lá o que for direcionado a mim, meu estado interno não é afetado. Eu não sou afetado. Eu continuo com o mesmo objetivo: fazer meu melhor em conexão divina. Neste caso, portanto, minha melhor resposta a este tipo de atitude alheia é responder ao sentimento emanando o amor. Sim, isso mesmo, o amor. A maior proteção que podemos criar é do amor. É impossível alguém energeticamente lhe fazer mal se você está emanando amor.

Então, fique firme no seu propósito, em fazer o bem, em ser o melhor de você, sempre experimentando a proteção divina e você nada tem a temer da inveja, feitiços e mau olhado dos outros.

Aqui meu vídeo sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *