Como Ficar Centrado e em Harmonia

Muito se fala de “ficar centrado”, ou se sentir falta de harmonia na vida. Mas o que significa isso? Qual seria o “centro” que precisamos encontrar? Precisamos entrar em harmonia com o quê? Aqui apresentarei uma dica prática para lhe ajudar neste sentido.

Quando falamos de nosso centro, estamos falando de nossa essência, o que está dentro de nós, não é mesmo? E aquilo que está dentro de nós é o nosso propósito, tanto no material como no espiritual. Ficar centrado, portanto, é viver seu propósito, ou na linguagem que uso, viver seu dharma. Ou, mais precisamente, seus dharmas, no plural. Eu vinculo os sete dharmas com os sete chakras. Aqui um trecho o livro “O Caminho 3T” (www.3T.org.br), onde apresento esta ligação.

Aqui estão os sete chakras, seus nomes sânscritos e como se relacionam com os sete dharmas.

  1. Chakra raiz (muladhara) – dharma vocacional. Sua vocação é a raiz de quem você é, formando a base de sua contribuição nesta vida.
  2. Chakra do sacro (svadhisthana) – dharma natural. Este chakra representa seu bem-estar físico. Seu dharma natural é a chave para seu bem-estar físico.
  3. Chakra do plexo solar (manipura) – dharma ocupacional. Este chakra representa seu poder e determinação. Seu trabalho é a expressão mais visível de seu poder pessoal.
  4. Chakra cardíaco (anahata) – dharma pessoal. Este chakra é associado ao amor e aos relacionamentos, de modo que representa perfeitamente nosso dharma pessoal.
  5. Chakra da garganta (vishudha) – dharma comunitário. Este chakra tem associação com a autoexpressão e comunicação, com sua voz. O princípio básico da vida em comunidade é que cada pessoa tem voz para expressar seus interesses e necessidades, a fim de que, juntos, a comunidade possa concordar com regras e metas em que se basearem.
  6. Chakra da terceira visão (ajna) – dharma universal. Este chakra representa sabedoria e intuição. O dharma universal representa o comportamento daqueles que são sábios e compassivos, que conseguem ser sensíveis às necessidades até mesmo daqueles que vivem muito longe.
  7. Chakra da coroa (sahasrara) – dharma espiritual. Este chakra é ligado à espiritualidade, em razão do que representa perfeitamente o dharma espiritual.

Estar centrado, portanto, significa que a cada momento da vida você está ativando um ou mais dos acima mencionados dharmas no aqui e agora. Pois não tem como viver seu dharma se sua mente está fora de controle, ou, para usar de novo a linguagem do Caminho 3T, se você não está praticando mindfulness.

Quando estamos com a mente girando inutilmente, saímos do nosso centro e perdemos contato com nossa essência. Tão logo sua mente escapar para o passado em lamentação ou para o futuro em fantasia que será feliz depois, você perdeu contato com a realidade, e com isso, contato consigo mesmo. Neste estado começará a sentir a desarmonia entre sua mente e a realidade, entre sua experiência da vida e sua natureza real.

Portanto, aproveite que temos esta habilidade natural de sentir quando estamos centrados e quando estamos em harmonia com a realidade. Observe esta alerta interna que algo está errado e corrija em três passos: 1) trazendo sua mente para o aqui e agora, se necessário com algumas respirações profundas, 2) sintonizando-se com seu dharma ou dharmas que devem estar ativos neste momento e 3) aplicando-se com foco total na ação e estado mental necessário para cumprir seus dharmas.

Veja aqui meu vídeo sobre este tema.

Veja o que estão falando do livro “O Caminho 3T”: “[um] livro fantástico é muito revelador” – Pedro Rodrigues

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *