4 Tipos de Pessoas e Como Lidam com Determinação e Regras

Já reparou que algumas pessoas conseguem fazer o que determinam, e já outras não? Que algumas pessoas trabalham facilmente dentro das regras de uma empresa ou escola e outras não? Vamos aqui analisar 4 tipos de pessoas no que diz respeito a seguir regras e ter determinação. Qual o seu tipo?

Veja aqui meu vídeo sobre este tema.

A pesquisadora Gretchen Rubin estuda felicidade e hábitos há vida toda. Em seu trabalho ela criou uma análise de 4 tipos de personalidade no que diz respeito especificamente a seguir regras internas e externas, ou seja, aquilo que a pessoa determina que gostaria de fazer.

Mas nem todos somos iguais. Lidamos com essas regras de forma diferente. Entender e identificar os 4 tipos de pessoas lhe ajudará a lidar melhor consigo mesmo e com os outros.

As regras externas são aquelas demandas e exigências que encontramos na sociedade ao largo, numa empresa, numa escola, num grupo, etc. São as sugestões ou leis de como se comportar, o que deve ser feito, como deve ser feito e assim por diante.

As regras internas são uma expressão de nossa determinação. É o que queremos fazer. Por exemplo, você pode determinar que quer meditar todos os dias, ou fazer exercício, conseguir ir para cama mais cedo para dormir 7-9 horas ou comer melhor.

Os 4 tipos são: o Sustentador, o Questionador, o Prestativo e o Rebelde.

Os sustentadores geralmente atendem às expectativas internas e externas, o que significa que não falham com seus deveres para com outros ou com si mesmos. São pessoas que tem facilidade para criar e manter suas determinações, como também naturalmente gostam de acatar as demandas externas, fazendo que se pedem deles.

Os questionadores atendem apenas expectativas internas. Mas eles empurram de volta e questionam todas as expectativas externas. Acima de tudo, eles fazem algo apenas se acharem que faz sentido – eles odeiam algo arbitrário. Ou seja, o questionador consegue colocar em ação o que determinou que faria, mas precisa perguntar, questionar qualquer sugestão externa. Este tipo de pessoa costuma literalmente devolver com uma pergunta qualquer pedido de ação. “Por que preciso fazer isso? Serve para quê? Por que está me pedindo isso?”.

Os prestativos atendem às expectativas externas, mas nem sempre as internas. Em outras palavras, eles geralmente precisam de alguma forma de responsabilidade externa. O prestativo é aquele que faz o que outros pedem, mas acaba não se cuidando tanto. Prioriza atender as demandas dos outros, e não as suas. Para conseguir cumprir o que determinaram que fariam, geralmente precisam de alguma influência ou acompanhamento externo. Por exemplo, se determinaram que iriam fazer exercício, precisam de um colega para ir junto para cobrar ou a ajuda de um personal trainer.

Já os rebeldes resistem às expectativas internas e externas. Eles valorizam a autenticidade e a autodeterminação. Mas mesmo consigo mesmo, não conseguem insistir num ato. Vão dizer algo como, “sim farei, quero fazer, mas vou ver como me sinto no dia”. E, externamente, a sua resposta é ir contra o que lhe sugerem. A tendência é contrariar toda demanda externa, toda regra. O prazer está em quebrar os moldes e em violar as regras.

Então, qual o seu tipo?

Em termos numéricos, a maioria são questionadores e prestativos. Os rebeldes são os mais raros e os sustentadores também são um grupo pequeno.

Uma conclusão importante desta análise é desenvolver compaixão. Compaixão consigo mesmo e com outros. Não é que você é mais fraco ou pior que outro, é que você é diferente e precisa lidar com sua individualidade, e a dos outros, de forma saudável.

Sabendo que alguns tem mais dificuldade de seguir o que determinam, não adianta ficar com raiva da pessoa, ou pior, xingar e humilhar, a pessoa que está tendo dificuldades nesse sentido. Nem tampouco ficar orgulhoso, se sentindo superior, se você consegue seguir com seus planos ferreamente.

Temos que respeitar o jeito de cada um. Saber lidar com as naturezas diferentes. Por exemplo, se tiver querendo passar regras para um questionador, já se prepare para explicar tudo, passo a passo e se abra para tirar dúvidas. Se tiver que lidar com um rebelde em sua organização, já fique desapegado, sem esperar que sigam as regras como os outros fielmente.

E quando estiver lidando consigo mesmo, com a introdução de novos hábitos e as mudanças de vida que tanto remendo no meu trabalho, use a estratégia que mais vai lhe servir.

Se você for um sustentador, facilmente colocará em prática, uma mudança após a outra, um hábito após o outro, seguindo sua determinação.

Se você for um questionador, terá que estudar e entender bem tudo, tirar todas suas dúvidas (conte comigo!), antes de aplicar as mudanças em sua vida.

Se você for um prestativo, terá vontade de fazer as coisas recomendadas, mas terá dificuldade cobrar a execução de si mesmo. Para essas pessoas, a técnica do “Pacto de Ulysses” pode ser muito proveitosa (veja vídeo abaixo). Tente externalizar a cobrança da mudança com a ajuda de um outro ou de um diário de conquistas.

E se você for um rebelde terá que se aprofundar muito antes de cada mudança, para que o desejo pelo novo hábito, a nova prática, seja totalmente autêntica e inevitável, uma expressão de sua pessoa. E mesmo assim terá que ter paciência para saber que você vai se rebelar contra si mesmo, e volta e meia vai falhar com seus objetivos.

Desenvolva determinação e entenda a importância dela no caminho do despertar lendo o clássico do yoga, “Yoga Sutras de Patanjali Revolução: Como a Sabedoria Atemporal do Yoga Pode Revolucionar Nossa Vida Hoje” – http://giridhari.com.br/livros/yoga-sutras-de-patanjali-revolucao-como-a-sabedoria-atemporal-do-yoga-pode-revolucionar-nossa-vida-hoje/.

 

Veja o que estão falando do livro “Yoga Sutras Revolução”: “realmente fantástico, linguagem clara e de fácil entendimento” – Ludmila Lorena

Uma ideia sobre “4 Tipos de Pessoas e Como Lidam com Determinação e Regras

  • 21/05/2019 às 09:59
    Permalink

    Sou imensamente grata por ter te conhecido mestre, a mudança que tive na minha vida foi imediatamente grande. Muita luz sempre.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *